Arquivos do Blog

Mercadinho dos Simpsons agora é real

Quem assiste os Simpsons certamente já conhece a famosa loja do Apu, a Kwik-E-Mart, que no desenho é uma rede mercados. Infelizmente esses mercadinhos não existiam na vida real, porém um empresa, a 7-Eleven, resolveu remodelar algumas de suas lojas de conveniência, criando assim as lojas do Apu na vida real, e para melhorar elas ainda contam com alguns produtos clássicosdo desenho, como cereal KrustyO, Buzz Cola e Iced Squishees.

Além de que toda decoração é baseada no desenho. Então confira esse mercadinho e você certamente vai ficar querendo que um desses abra na sua cidade:

3285433_700b - Copy (2)

3285433_700b - Copy (3)

3285433_700b - Copy (4)

3285433_700b - Copy (5)

3285433_700b - Copy (6)

3285433_700b - Copy (7)

3285433_700b - Copy (8)

3285433_700b - Copy

3285433_700b

http://minilua.com/mercadinho-dos-simpsons-agora-real/

Anúncios

“Os Simpsons” Terá Episódio com participação de várias Estrelas

Os Simpsons terá um episódio estrelado em sua 24ª temporada.

“Moonshine River”, que deve ir ao ar nos EUA entre setembro e novembro, contará com as participações de Natalie Portman, Anne Hathaway, Zooey Deschanel, Sarah Michelle Gellar, Steve Carell, Sarah Silverman, Jennifer Tilly, Fred Armisen e Carrie Brownstein.

Ao site da revista EW, o produtor Tim Long disse que “a ideia é revisitar as garotas que Bart namorou para que ele tente descobrir o que estragou sua relação com cada uma delas. Não quero revelar muita coisa, mas ele percebe que talvez haja alguma coisa de errado consigo mesmo”.

Darcy (portman).jpg

A trama do episódio vai acompanhar Bart em uma jornada amorosa quando suas ex-namoradas Gina (Gellar, Delinquente Errante da 15ª temporada), Darcy (Portman, Pequena Grande Garota da 18ª temporada), Jenny (Hathaway, O Bom, o Triste e a Drogada da 20ª temporada) e Nikki (Silverman, Roubando em Primeira Base da 21ª temporada) retornam brevemente. Quando Bart descobre que Mary (Deschanel,A vaca do Apocalipse da 19ª temporada) se mudou para Nova York, ele decide que ela é seu verdadeiro amor e começa uma jornada para encontrá-la. “Qualquer semelhança entre o episódio e Bonequinha de Luxo é uma completa coincidência”, brincou Long. Os personagens de Carell, Tilly, Armisen e Brownstein ainda permanecem em segredo.

FONTE: Omelete.com.br

19 de Abril 25 Anos de Simpsons!

19 de Abril de 2012, hoje é dia de festa para os Simpsons. A família amarela vem satirizando a sociedade americana há 25 anos.

Ao fim de 504 episódios no ar, a mais conhecida família americana continua na mesma.
A série que Matt Groenning lançou a 19 de abril de 1987 começou por aparecer nos intervalos de um talk-show, o “The Tracey Ullman Show”.
Os Simpsons dos tempos do "The Tracey Ullman Show"

Depois de três anos com pequenos episódios de um minuto, os desenhos da família amarela foram desenvolvidos e ganharam a sua própria série.

Criada por Matt Groening, as 23 temporadas de “The Simpsons” na Fox já valeram à família 27 Premios Emmy Awards, 30 Annie Awards e um Peabody Award.

Crítica social:

Durante estes 25 anos, os Simpson têm mantido a sua função de crítica social à sociedade americana. Feita com os nomes da família de Groenning, que apenas substituiu o seu pelo de Bart, os Simpsons são a mais longa série de humor na televisão norte-americana.

Esta disfuncial família americana de classe-média ganhou uma estrela na calçada da Fama e já contou com a presença de personagens ilustres.

A comemoração do episódio 500 teve como estrela Julian Assange. O fundador da WikiLeaks aparece quando o casal Simpson descobre ser alvo de reuniões secretas, por parte dos vizinhos, para serem expulsos de Springfield. O jornalista, procurado pela Justiça americana por divulgação de documentos diplomáticos e confidenciais, deu a voz ao seu personagem mas não foi revelado o local da gravação. Tony Blair e Rupert Murdoch também já deram a voz às suas personagens em versão amarela.

Simpsons500th GicleeArt FlatR2F.jpg

ABC News compilou uma lista dos personagens que mais aparecem nos episódios dos Simpsons. Aqui está o top 10, há alguma surpresa?

1. Homer Simpson – 500 Episódios

2. Bart Simpsons – 500 Episódios

3. Marge Simpson – 500 Episódios

4. Lisa Simpson – 500 Episódios

5. Moe Syzlack – 334 Episódios

6. Milhouse VanHouten – 298 Episódios

7. Skinner – 274 Episódios

8. Ned Flanders – 271 Episódios

9. O Sr. Burns – 237 Episódios

10. Abe “Vovô” Simpson – 204 Episódios

Fox-simpsons-500-anmtv.jpg

Mesmo com pegadinha e revelação de que não há assassino, final de ‘Vidas em Jogo’ supera audiência da antecessora

Os palhaços de “Vidas em Jogo”: sem assassino no final

A Record tem bons motivos para comemorar. O aguardado último capítulo de “Vidas em Jogo” fechou com média de 18 pontos e superou sua antecessora, “Ribeirão do Tempo”, que havia terminado com 17. A trama escrita por Cristiane Fridman atingiu picos de 20 pontos, especialmente no momento em que o tão falado mistério do serial killer era resolvido. No mesmo horário, a Globo marcou 19. Para a surpresa geral dos espectadores, não havia assassino. Dados como mortos, personagens como Jorge (Sacha Bali) e Augusta (Denise Del Vecchio) ressurgiram das cinzas e, ao lado dos companheiros de bolão, revelaram que tudo não passou de uma pegadinha. Afim de se livrar de ameaças de assassinato por serem donos de uma fortuna, resolveram fingir que partiram dessa para uma melhor.

Não se pode negar, foi um final surpreendente, especialmente porque as apostas para o homicida giravam em torno de Severino (Paulo César Grande) e Marizete (Betty Lago). A execução, no entanto, foi um tanto quanto atrapalhada. Todos os ganhadores do bolão revelaram o segredo em tom de jogral, um completando a frase do outro, de maneira pouco orgânica, e com diálogos como: “Mas eu vi seu corpo no caixão” e “Era uma máscara trazida dos Estados Unidos. Hollywood tem técnicas bem avançadas” ou “Eu te acompanhei pelos monitores da nossa sala secreta”. Difícil de engolir. Em dado momento, quando o palhaço surgiu, houve quem achasse que tudo fluía para que Marizete fosse a grande assassina. Pode crer-se que, por causa da inesperada doença de Betty Lago, os rumos da trama podem ter sido mudados. Ou não. A atriz, aliás, foi responsável por um dos momentos mais emocionantes do capítulo, quando, de cabelos curtos e mais magra por causa da quimioterapia, discursou sobre pessoas que lutam pela vida. Betty é uma guerreira e vai superar essa batalha. Torcida não falta.

Betty Lago emocionou ao aparecer mesmo enfrentando doença

Entre outros destaques do final, houve a morte de Carlos (André Di Mauro), que, numa tentativa desesperada de tirar Wellington (Ricky Tavares) do vício do crack, fumou a droga e foi parar no hospital. Não resistiu e sua partida tornou-se gatilho para que o jovem se livrasse da dependência. Um fim trágico e um pouco drástico, havemos de convir. “Vidas em Jogo” teve um começo promissor e, por causa de sua longa duração, sofreu para manter o interesse pela história. Merecia um final um pouco mais bem amarrado. Mas é preciso reconhecer o esforço de sua autora em subverter a revelação final